[Selo Tupiniquim] O Artífice

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sexta-feira, julho 11, 2014

Sobre a Coluna Selo Tupiniquim:



Selo Tupiniquim surgiu em setembro de 2013 como uma coluna exclusiva do Um Sofá, para que seja divulgado projeto 100% nacional (seja ele livros, games virtuais ou de tabuleiro, quadrinhos, filmes). O nome veio do termo Tupi, que é um povo indígena brasileiro que habitava nosso território, porem, no português coloquial é usado como sinônimo de brasileiro. Ou seja, se é brasileiro é tupiniquim! 

Dessa vez vamos falar do livro do autor Tony Ferraz, que escreveu o O Artífice.

Para isso fizemos três pequenas perguntinhas para ele e ele nos confidenciou, o que pode ser conferido abaixo.

Um Sofá À Lareira: Como surgiu a idéia do livro?
Tony Ferraz: Na adolescência eu estudava o zen, com um famoso mestre de artes marciais em São Paulo. Eu achava que aqueles conhecimentos deveriam ser popularizados para o público em geral, e que isso poderia ser feito através de uma história de ficção atrativa. Como eu já queria escrever um romance policial, resolvi escrevê-lo de maneira a transmitir clássicos da filosofia taoísta / zen budista. Eu o escrevi com 16 anos, em 2001.
 
Um Sofá À Lareira: Como foi criar o livro?
Tony Ferraz: Era uma época de chuva, isso me ajudou muito a entrar no clima da história (o assassino mata durante a chuva). Levou cerca de três meses apenas, eu me sentava numa mesinha no meu quarto que era encostada à janela, era onde ficava o computador. Tinha um prédio em início de construção ao lado, e uma tenda de vendas . Havia uma fonte grande e bonita para chamar a atenção, e eu escutava da janela do meu apartamento o barulho das águas escorrendo. Quando não chovia, aquilo me colocava no clima, porque o barulho era muito semelhante à chuva. Eu ficava até de madrugada escrevendo, às vezes nem acordava no outro dia pra ir pra aula. Isso era muito comum.

Um Sofá À Lareira: Onde tirou inspiração?
Tony Ferraz: Não sei ao certo, as idéias foram aparecendo. Lembro de estar no banho e ter um insight da idéia do livro e do final. O resto foi aparecendo depois. Eu comecei por um dos capítulos do meio, e, bem depois, escrevi o começo. Lembro que a primeira frase que escrevi do livro foi: "Haryel ficara intrigado com os caracteres no corpo da vítima."

Tony Ferraz nasceu em São Paulo, em 10 de setembro de 1984. Sempre teve interesse por escrever, por filosofia oriental e artes marciais. Morou alguns anos no Rio Grande do Sul e quando voltou, iniciou treinamentos com um mestre de Kung Fu Shaolin, que alem da arte marcial, o ensinou sobre zen/chan e a psicanálise.

Aos 16 anos, teve a vontade de escrever três livros distintos – um de contos zen tradicionais, transmitidos oralmente, um de filosofia e um romance policial (em um único volme). E dessa ultima idéia nasceu o O Artífice. Por 11 anos esse livro ficou engavetado, até que ele decidiu finalmente publicá-lo, sem reescrevê-lo. O livro contem a mesma capa, texto e ilustrações que ele havia produzido há uma década antes.
Tony já trabalhou com design, publicidade, internet e como executivo de comércio eletrônico de uma multinacional suíça. Em 2009, largou tudo para se dedicar às artes marciais, hoje é um atleta. Também tem hobbies como diferentes relacionados à arte, como desenho, pintura, mágicas, hipnose e compor canções.


Sinopse: Em dias de tempestade, um assassino que mata através de armadilhas extremamente elaboradas vem enganando a polícia londrina numa série de crimes inusitados. Haryel Kitten é um detetive inteligente, prático e muito dedicado ao seu trabalho, que agora tem o desafio de desvendar o que há por trás desse mistério. Mas será que há forças sobrenaturais agindo? Detalhes dos crimes permanecem obscuros, o serial killer, apelidado pela mídia de Artífice, faz com que Haryel trilhe um caminho sem volta. Quanto mais ele se aprofunda na investigação, menos compreende o que está acontecendo.
O detetive fará tudo que estiver ao seu alcance para montar esse quebra-cabeça, mesmo que sua própria vida corra perigo.

Para mais informações, tem o facebookdo autor Tony Ferraz, a fanpage do livro e também para quem deseja adquirir, ele está a venda na Livraria Saraiva.
 

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*