Filme X Livro || Dezesseis Luas

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sexta-feira, março 29, 2013


A pior adaptação cinematográfica depois de Dragon Ball Evolution.

Até Crepúsculo foi melhor que Dezesseis Luas.

Queria fazer um Filme X Livro, mas dessa vez não tem como. Só se apenas fazer dois posts distintos.

Primeiramente, Ethan é totalmente idiota. Entrou na lista de personagens principais com cara de besta, como a Bella, em Crepúsculo.

Segundo. Acho que seria, no mínimo, um pré-requisito, o diretor, roteirista e produtor do filme lesse, nem que seja rapidamente, o livro “Dezesseis Luas”. Porque nada no livro fora fiel ao filme. Sei que uma adaptação fiel ao romance escrito não é possível, mas não precisava estragar uma história boa.

Terceiro, pode ser coisa da minha cabeça, mas não imaginei Lena, nem Ethan, nem Amna, nem Macon, nem Link, nem a Senhorita Lincoln (e nem ninguém) do jeito que apareceram no filme. Muito menos a casa de Ravenwood.

Quarto, cadê o Boo Marley, o cachorro que segue Lena por todo a Gatlin? Cadê as outras duas irmãs de Ridley? Cadê o barulho infernal da banda de Link (cujo nome é Quem matou Lincoln?)? E o principal: cadê a musica que aparece no iPod de Ethan chamada “Dezesseis Luas”?

Quinto. Até o mapa de Gatlin foi totalmente reformulado. E, pasmem, existe Google na cidadezinha parada que é Gatlin. Ali, ao invés de todos se voltarem para o que é diferente do resto da cidade, mas virou apenas uns super religiosos que chegam a exagerar. Apenas uma coisa que gostei do filme, foi a cena que Macon entra na igreja para “defender” e afirmar que Lena tem que freqüentar  a escola de Gatlin e de repente o cenário muda, todos somem e só fica Sarafine e Macon cara a cara. O discurso sobre o quão patético é o cenário de crença e convicção do ser humano foi realmente verdade em sua fala, algo que não lembro de ter lido no filme.

Sexto, senti falta do respeito a continuidade da história do livro, no filme, muitas coisas aconteceram antes de outras. Alem de mudarem totalmente boa parte dos acontecimentos. Senti falta da ligação mental de Ethan e Lena (eles podem se comunicar telepaticamente), senti falta da regra da Lunae Libri que só abre em feriados quando tudo está fechado, senti falta da arquitetura de Ravenwood e da Lunae Libri, senti falta do larkin ser das trevas, senti falta da Ridley tentar matar o pai do Ethan, senti falta do ataque cardíaco que Ethan tem por causa da eletricidade que percorre seu corpo quando beija Lena, senti falta dos sonhos que sempre acontecem, de Macon acordar Ethan e roubar o livro das Luas da casa dele, senti falta deles cavarem o tumulo de Genevieve para achar o Livro das Luas. Senti falta dos conjuros em latim, como são mais belos de serem pronunciados.

Sétimo, os atores que fazem os personagens principais Ethan e Lena não parecem nem um pouco com a idade dos personagens do livro. Ethan parece ter seus 30 anos já. Lena? Uns 20 e pouco e ela interpreta alguém de 15 anos apenas.

Olha, a essência de Alecrim e Limão acabou. A maldição foi totalmente mudada, deste da forma que foi apresentada até o final. Até Serafine, a grande conjuradora das Trevas, que aprendi a admirar pela inteligência e astucia virou uma mulher histérica e patética.

Dezesseis Luas – O filme é um longa que não recomendo a ninguém assistir. A pior adaptação que eu vi de um livro até então feito. Pelo menos, o lado bom de toda essa experiência, é que assistindo filmes ruins, descobrimos quais são os bons de verdade.

Senti falta de tudo que amei no livro e me apaixonei por “Beautiful Creatures”, mas senti mais falta quando os filmes eram feitos para agradar aqueles que já eram fãs e não apenas trazer novas pessoas para as salas do cinema. Ao invés de se pensar em apenas atrair mais gente, deveriam ter a consideração de agradar especialmente os fãs que já existem. Isso atrairia ambos e não montaria efeitos ruins nem para a obra literária muito menos para a bilheteria do longa metragem.

A pior coisa é alguém chegar, escutarem que o filme foi “uma merda” e a pessoa ainda julgar o livro pelo filme. Nessa situação de 16 Luas, o filme é totalmente diferente do livro. Fazer com que um possível leitor se agrade pela história não foi feita com sucesso por esse longa.



Visitem também:

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

7 recados

  1. Tem um selinho para você lá no blog:

    http://mylenaescritora.blogspot.com.br/2013/04/primeiro-selinho.htmlr/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, e eu pensando que o livro era que nem o filme... Já tinha até desistido de ler, mas agora vou comprar!
    Obrigada pela análise Jaciara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas pessoas me assustam quando falam meu nome assim! Kkkkk tão estranho XD
      Mas que bom que você não desistiu do livro de fato! Eu teria a mesma escolha se visse primeiro o filme do que o livro, mas ainda bem que li antes!

      Você vai adorar o livro. Volte sempre!
      Beijos =*

      Excluir
  3. Sabe o que é pior ainda? Essas porcarias de editoras aqui do Brasil pararem de publicar os livros com suas capas originais e publicá-los com capas que são fotos dos filmes! Oi? Muitas vezes o filme é mais do que diferente do livro - como Dezesseis Luas, PJO e outros - e a editora vai lá, recolhe os livros com suas capas - muitas vezes lindíssimas - para colocar posteres de filmes?!! Revoltante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei também. Eu evito no máximo comprar livros com capas de filmes, até porque, muitas das vezes não gosto das adaptações cinematográficas dos livros.
      Só tenho dois livros com capas de filmes, mas é livros que surgiram depois dos filmes, "Garota Infernal" e "Branca de Neve e o Caçador".
      Volte sempre =)
      Beijinhos =*

      Excluir
    2. Tenho "A bússola de ouro" que quero ver se vendo para um sebo e compro a capa normal (vou chorar um monte por me desfazer de um livro haha)
      E quero comprar os 7 livros das Crônicas de Nárnia (tenho aquele volume único, que a capa também é "inspirada" no filme :c)
      Fiquei com raiva da Intrínseca ter publicado "O lado bom da vida" somente com o poster do filme também...
      Volto sim haha
      Bjs ;*

      Excluir
  4. De longe foi a pior adaptação pro cinema que eu já vi. Claro que um filme nunca será fiel 100% ao livro. Mas a forma como mudou foi decepcionante. Nem as roupas descritas no livro foram mantidas, é o carro da Lena que era o rabecão preto virou um carrinho amarelo. Mas a minha maior decepção foi a expectativa de ver a Ridley que no livro era loira de cabelos longos com roupas super diferentes e no filme ganhou um cabelo curto e castanho e roupas totalmente diferentes. Por esses motivos eu não assisti o filme nem até a metade.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*