Resenha || Emily, The Strange - Os Dias Perdidos (em vídeo)

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sábado, abril 23, 2016

Sinopse: Emily é uma menina de 13 anos bem diferente. Ela adora preto, gatos, música e, principalmente, fazer coisas estranhas. Porém um dia ela acorda e, subitamente, descobre que não lembra mais nada sobre si mesma... Amnésia! Tudo o que sabe é que usa preto da cabeça aos pés e as pessoas olham de um jeito estranho para ela na rua. Emily vai se lançar em uma aventura para saber quem ela é e, no caminho, talvez faça amizades, descubra mentiras e consiga até se lembrar de alguma coisa..

Li quase em um dia e fiquei desesperada a cada minuto que se aproximava do fim. Eu não sabia se rendia a leitura por ser um ótimo livro ou se lia todo logo para descobrir o final. Foi desolador!

Emily, The Strange era um livro que eu paquerava na livraria todo dia que eu ia, mas por ser caro (um livro que beirava a 60 reais), eu não achava "vantagem" em comprar as cegas. As cegas porque era um livro que eu nunca conseguia achar um para abrir. Ele não tinha sinopse na capa, era envolto a mistério e todos os meus conhecidos que liam ainda não tinha tido contato com o livro também (e eu nunca fui de guardar o nome do livro para pesquisar em casa, então eu meio que nunca tirava foto do livro quando o via e chegava em casa esquecia o nome e nunca conseguia pesquisar ele. Hoje em dia, por causa desse mal, tiro foto de tudo que eu vejo e me interesso na rua -risos). E, enfim, na Black Friday de 2015 eu tive a chance esperada: consegui comprar o livro entre as compras do meu pai na Amazon. E ele estava em promoção. 

Nunca havia conseguido pegar um exemplar dele aberto, como contei no parágrafo acima. E qual foi minha surpresa em ver que o livro tinha uma jacket que escondia uma outra capa abaixo! Todo o acabamento interno e essas "duas capas" eu mostro no vídeo-resenha abaixo! 

Ele é totalmente criativo e misterioso. Trás a tática de ser um livro escrito em forma de diário. Mas o diferencial: a nossa protagonista não sabe nada sobre si mesma. Ela acorda numa praça sem saber onde está, onde mora, seu nome, sua idade. Absolutamente nada. Sua mente é um vazio. 

E com a protagonista você vai montando um quebra cabeça nessa estranha cidade, com moradores mais estranhos ainda. O livro é totalmente único e super criativo. Ainda não tinha lido nada de forma similar a este livro. E pode apostar que estarei comprando o segundo livro na primeira oportunidade!

Segue a resenha em vídeo abaixo! Não esqueça de curtir o vídeo e se inscrever no canal \o/


  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*