Terra Formars || Crítica

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sexta-feira, novembro 20, 2015

PS: Por motivos de ter sido denunciada por link indevido (por usar imagens do anime), eu retirei qualquer ilustração do mesmo. Infelizmente, não colocarei nada relacionado ao mangá ou anime Terra Formars para não ser denunciada novamente.

Faz tempo que não via nenhum anime. Acho que o último que vi foi o inicio da segunda temporada de Sword Art Online. Faz bastante tempo. E quando via anime, nem procurava os mais atuais, aqueles na boca do povo.

Mas acabaram me convencendo meses atrás (quase me obrigaram, pra ser mais realista) a ver dois animes relativamente novos (como eu não acompanho temporadas de animes do Japão, não sei se eles são tão novos etc): Parasyte e Terra Formars.

O engraçado que eu vi Parasyte primeiro, mas decidi falar logo de Terra Formars.

A maior coincidência foi que o mesmo período que me convenceram a assistir os animes, foi o mesmo período que a editora JBC resolveu trazer os dois títulos em mangá para o Brasil. E o anime acabou me fazendo querer colecionar os dois títulos, porém o dinheiro mostrou-me a realidade dura e cruel de ser colecionadora desempregada no Brasil. Agora deixa de lamentações por falta de grana e vamos falar do anime, que pra isso só preciso ter pago a conta de internet.

Terra Formars é bastante interessante por se tratar de uma ficção cientifica, e o bom desse anime é que dá para aprender bastante coisa (inútil, talvez) sobre biologia e química, afinal, eles trabalham com quase quimeras.

Quimera : nome dado a um animal que tem duas ou mais populações de células geneticamente distintas que teve origem em diferentes zigotos; é rara em seres humanos: registram-se apenas 40. No caso do ser humano, é também conhecido como uma quimera tetragamética. Este é o caso de uma pessoa com dois tipos de célula, que são diferentes a nível genético.  Isso acontece quando um ser humano tem origem de dois indivíduos, gêmeos não idênticos, que  uniram de forma perfeita ainda no útero da mãe, quando estavam na fase embrionária.
Em Full Metal Archemist (de longe meu anime favorito), Quimera em alquimia é a mistura de vários animais diferentes, o que não foge do conceito empregado atualmente na genética médica. Mas esse conceito só se originou por causa da criatura mística chamada quimera que mistura dois ou mais animais, como uma cabeça e corpo de leão, mais duas cabeças, uma de cabra e outra de dragão e cauda de serpente.
A história se trata de uma missão a marte, afim de encontrar uma cura para uma infecção que existe na terra. Acontece que não é uma simples missão de coleta de algo nesse planeta. Há um tempo atrás, cientistas mandaram baratas para começar uma missão de povoação do planeta vermelho. Escolheram baratas por seu alto índice de sobrevivência em mais diversos ambientes. Acontece que as baratas sofreram mutações e não são mais as simples cascudinhas que conhecemos e sim uma espécie parecida com humanos, porém mais fortes, mais resistentes.

E são esses espécimes de baratas que contem os segredos para a cura dessa misteriosa doença e pra investigar mais isso, eles precisam colher mais espécimes (vivos e mortos). Para essa nova missão, a U-Nasa recrutam alguns jovens com predisposição genética para um experimento que consiste em unir aos genes humanos, genes de alguns animais, o que dá para cada pessoa um poder especifico do inseto, mamífero ou outra espécime com o que se uniu. Agora entende porque dá para aprender um pouco de biologia com o anime, né?

O bom disso é que nas batalhas que vão apresentar cada "experimento genético"  e mostrar as habilidades dos animais que foi fundido com os humanos, eles realmente mostram o animal em questão e conta um pouco porque do nome, das habilidades que eles tem na natureza. É uma das partes mais interessantes.

Para quem gosta de anime com lutas, sangue e mortes, esse anime é um prato cheio!  Fiquei impressionada com a quantidade de baixa que temos logo nos primeiros episódios. Eu sei que japoneses podem ser sanguinolentos, mas assim já foi demais para minha cabecinha desacostumada a ver animes (risos).

Foi uma boa pedida para a minha volta aos mundos dos animês. E para quem, assim como eu, gosta de animes com episódios curtos e/ou por temporadas, esse é uma boa pedida. Lembro que assisti em apenas dois dias.

Tem outro anime que queira me sugerir para aparecer com comentários por aqui? Tem mais algo para acrescentar em Terra Formars? Deixa ai nos comentários!!


  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

1 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*