Monster High Vol. 1 || Resenha

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sexta-feira, outubro 23, 2015

Eu fiquei passada quando descobri que nunca falei desse livro aqui no blog. COMO ASSIM? Li já faz mais de um ano e nunca escrevi a resenha (risos). Não é porque não gostei do livro, na verdade eu amei (e quero as continuações, que por sinal, eu nunca achei para vender na livraria daqui - estou aceitando de presente, viu?).

Então vamos falar do livro. O volume 1 é de arrepiar. É bem escrito, tem linguagem simples e você embarca na leitura em um dia! Eu li na minha viagem a Fortaleza, em que eu li em apenas dois dias e somente  a noite, depois dos passeios. Então imaginem como a leitura é rápida.

Mas mesmo sendo rápida, ela te prende o livro inteiro. Para quem conhece o  desenho animado, a versão em livro é diferente, fica envolta de um mistério que está acontecendo na cidade e os monstros vivem junto com os humanos normais, estes que não sabem da existência das criaturas. Eles frequentam uma escola que é tanto aberta para os monstros, quanto para os monstros (e esse estão disfarçados!). É meio diferente do que conhecemos a Monster High, certo?

E no meio desse trabalho de ficarem ocultos para os humanos, eis que surge nossa personagem principal, a Frankie. Com apenas 16 dias de nascida, conhecendo somente o mundo do seu próprio quarto e todos os conhecimentos que foram passado por seus pais, Frankie se vê numa situação um pouco desesperadora: seu primeiro dia de aula, num mundo novo e completamente sozinha. Isso é uma equação que o resultado é desastre na certa!

Aqui há dois grupos, os normies, que são as pessoas normais e os freaks, que são os monstros, que só querem ser aceitos e terem seu lugar na sociedade. O legal disso é que são unidos, e eles tem uma sociedade secreta para se reunirem e decidirem por eles mesmos o rumo da situação, quando essa começa a se tornar instável.

Acho interessante o jeito como as monstrinhas tentam disfarçar suas peculiaridades, como a cor verde da pele da Frankie, que ela cobre de base todo dia antes de sair (o que a deixa chateada, porque ela ama a cor verde da pele dela e queria que as pessoas a aceitasse desse jeito que é). A Clawdeen tem que sempre se depilar (Lógico, ela é uma lobo).


Recomendo para adolescentes, principalmente para o  publico feminino, mesmo que não tenha assistido os desenhos ou outros filmes da franquia, o livro funciona muito bem e não depende do desenho, é uma história paralela, completamente independente do que é apresentado no desenho, mesmo assim a personalidade das personagens são as mesmas, a essência é a mesma e a leitura é muito divertida! 

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*