Flores Mortais || Resenha

Escrito por Miaka J. S. Freitas - terça-feira, outubro 27, 2015

Já fazia um bom tempo que eu gostaria de ler alguma obra da Giulia Moon. E dessa vez pude ler por causa da Fernanda do blog Amor Literário que tem parceria com a Giz Editorial eu pude ter a oportunidade. Infelizmente não foi Kaori ainda, mas quem sabe seja em breve.

Flores Mortais celebra as vampiras de Giulia, que iniciou sua carreira de escritora em sites de fanfics e fez vários contos. Após isso, muitos de seus contos se tornaram livros, mas estes já se encontram a muito esgotados. E por procura de novos fãs e a vontade de relançar as histórias antigas, a Giulia, incentivada por sua editora, resolveu desenterrar os antigos contos e juntar nessa coletânea. E ainda tem um bônus nessa edição: o primeiro crossover vampiresco da literatura brasileira. Eu já tinha ouvido falar do outro autor, chamado Kizzy Yasatis, mas ainda não tive oportunidade de ler. Mas depois de Flores Mortais, a obra dele também me chamou atenção e entrou na minha lista de desejados (apesar de eu já ter um dos livros dele no meio da minha gigante pilha de não lidos).

Deixando o devaneio de lado, vamos falar de FLORES MORTAIS.

Como disse anteriormente, é uma coletânea que apresenta 9 contos, e inclui o crossover dos personagens de Giulia e Kizzy. O interessante é que após todos os contos ainda tem uma lista que mostra onde as histórias foram publicadas originalmente (e se você se tornar fã da autora como acabei de me tornar e tiver muita sorte em sebos, pode tentar encontrar essas edições - mas como disse antes, estão esgotadas).

As histórias tem como ponto em comum serem protagonizadas por vampiras sexys, inteligentes e mortais. Cada vampira é única e elas conseguem te cativar nas suas histórias. Giulia tem um dom para escrever sobre esses seres sanguinários e eu praticamente devorei o livro em um dia.

Meu conto favorito da coletânea foi Danse Macabre, que mostra o que eu mais me encanto no mundo imortal dos vampiros: a mistura dos costumes de época, os artistas imortais, uma dama da sociedade e o sobrenatural dos seres noturnos. Mas há quem se engane quando se diz que é encantador e fofo, pois também é mortal. A traições, os jogos, as mortes, o sangue derramado. Tudo isso está presente nesse conto rápido.

Apesar de eu ter sonhado que minha primeira obra a ler da autora seria a famigerada Kaori, eu realmente recomendo essa coletânea como a introdução a narrativa da Giulia Moon, para começar a se encantar com a atmosfera e o mundo vampiresco criado por ela. E também terá a surpresa de ver que a Kaori também aparece em duas histórias nessa coletânea, o que te deixa ainda mais excitado para conhecer os outros livros de Giulia Moon. Foi sensacional todas as emoções que senti com a leitura  e ficar fissionada e presa nessas páginas, não queria que terminasse nunca.

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*