[Selo Tupiniquim] Rockfeller

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sábado, março 28, 2015

Oi queridos Acomodados, sei que uma das colunas que mais vocês gostam é a Selo Tupiniquim, já que conseguem descobrir ainda mais obras nacionais. E dessa vez venho falar de Rockfeller, livro do autor Alexandre Apolca.

Para conhecer melhor o autor, ele é formado em Química Industrial pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Esse é seu segundo romance publicado (oia, agora estou realmente com vontade de dá uma stalkeada nesse autor e procurar seu primeiro romance). Além de tudo isso, ele é leitor e fã assumido do mestre Stephen King (preciso ser amiga desse autor agora mesmo). Além de Stephen King, ele também gosta muito do Jorge Amado, Patrick Suskind e Alexandre Dumas. 

O Alexandre Apolca nos confessou como foi criar o livro, as suas inspirações, felicidades como autor e sua trajetória até o livro chegar nas mãos do seu leitor:
"Normalmente, quando começo a escrever um livro, eu já tenho toda a história na cabeça. Por isso, a escrita é o momento de pôr tudo no papel. Agora, a inspiração, essa vem de tudo, absolutamente tudo, desde um livro até uma lesma se rastejando pelo chão. No caso específico de Rockfeller, as maiores inspirações vieram de uma viagem a São Thomé das Letras.
Acho que a felicidade de todo autor é ter leitores que realmente gostam de suas obras, e eu não sou muito diferente disso. Agora medo, medo mesmo, eu não tenho nenhum.
A questão de ganhar espaço no mercado é meio complicada. As redes sociais são ótimos meios para divulgar, porém não para vender. Feiras, eventos, boca a boca, essas coisas sim são boas para vendas."

Vamos conhecer um pouco da obra Rockfeller?

Sinopse:
Beto Rockfeller, que possui uma leve versão da síndrome da mão alheia, sonha em fazer sucesso com sua banda de rock. Após ser preso injustamente em um protesto na Avenida Paulista, é liberado e orientado a deixar São Paulo. Ele e sua desconhecida banda — cujos integrantes são: Yakult, Gringo e Santiago dos Santos — decidem se mudar para a mística São Thomé das Letras, a Machu Picchu brasileira. É exatamente nessa aconchegante cidadezinha mineira que começa uma trama estonteante e dinâmica — repleta de aventuras, romances, crimes e mistérios.
Rockfeller se envolve com Anita Andrade, a namorada de um dos seus amigos. Esse triângulo amoroso é surpreendido com a súbita aparição de uma terrível enfermidade. Ele, desconcertado, se vê diante de uma difícil decisão, que mexe brutalmente com seus princípios morais e o pior, Rock pagará caro por sua indigesta decisão, seja ela qual for. Além disso, é obrigado a conviver com seus fantasmas, desilusões e psicoses e ainda tem de se acostumar com um enigmático corvo que o persegue.
No entanto, após muito tempo, Rockfeller consegue uma segunda chance de ser feliz no Rio de Janeiro, as suas desventuras e psicoses ressurgem, e isso pode levá-lo a uma irreparável situação em que nem tudo que se vê pode ser real...

O livro pode ser adquirido no site da Editora Nova Paris

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*